Sapopemba recebe 11.300 pontos de iluminação pelo Programa LED nos Bairros

25/02/2016 | Publicado por admin | Notícias

Para beneficiar os quase 300 mil moradores da região, vias que cortam o bairro receberam nova tecnologia capaz de iluminar mais. No total, 37.300 pontos já foram instalados em bairros da periferia

 

O prefeito Fernando Haddad visitou na noite desta sexta-feira (23) as ruas e praças do distrito de Sapopemba, na zona leste da cidade. Este foi o sexto distrito da cidade beneficiado pelo programa “LED nos Bairros”, que prevê a instalação de 55 mil novas luminárias em regiões periféricas que apresentam alta vulnerabilidade social.

No total, 944 ruas, avenidas e vielas que cortam o bairro, numa extensão de 308 quilômetros, foram beneficiadas com a implantação da nova tecnologia em 11.300 pontos, melhorando a segurança de quase 300 mil moradores.

“Esta entrega tem algo a mais, pois a Subprefeitura de Sapopemba é a primeira da cidade a ser completamente iluminada por LED. Este era um dos bairros mais carentes de iluminação e além de trocar nós estamos implantando novos pontos”, disse o secretário municipal de Serviços, José Alberto Serra.

As obras para revitalização do parque de iluminação em Sapopemba contaram com equipes do Departamento de Iluminação Pública (Ilume) e tiveram o investimento de R$ 40,1 milhões. Do total, 340 mil lâmpadas foram remodeladas e 59 mil novos pontos foram instalados.

“Agora eu posso chegar da escola e ficar até tarde na rua, jogando bola. Volto com mais segurança para casa. Acho que a cidade deveria ser toda assim”, disse Luan Escudeiro, de 12 anos, que sonha ser jogador de futebol.

LED nos Bairros
A primeira fase do programa “LED nos bairros” conta atualmente com 37.300 unidades já instaladas e está em andamento nos distritos de Jardim Ângela (zona sul), Jardim Helena (zona leste) e em Pedreira (zona sul). Com investimento de R$ 200 milhões, serão instaladas um total de 55.642 luminárias LED nesses locais.

Além de Sapopemba, a iniciativa já foi concluída na comunidade de Heliópolis com cerca de 1.300 pontos, no Jardim Monte Azul, com 534 luminárias, na Brasilândia, cujo projeto final contou com a instalação de 10.170 lâmpadas LED, no Lajeado, com 7.181 pontos e no distrito de Raposo Tavares, com 5.100 pontos.

Desde o início de 2013, mais de 250 mil pontos de iluminação pública foram remodelados em toda a cidade, substituindo lâmpadas de vapor de mercúrio por vapor de sódio e metálico, e quase 50 mil novos foram criados em locais onde não existia luz. Além disso, em quase 19 mil pontos de iluminação LED foram instalados pela atual gestão em locais como a Marginal Pinheiros, a avenida 23 de Maio, o entorno da Arena Corinthians, em Itaquera, e o Beco do Batman, na Vila Madalena.

As luminárias LED têm vida útil maior que as lâmpadas de vapor metálico e de sódio, pois duram aproximadamente 12 anos, enquanto os outros tipos não passam de cinco anos, em média. As lâmpadas de LED também consomem até 50% menos energia elétrica.

PPP da iluminação
Além do “LED nos bairros”, também está em andamento o edital da Parceria Público-Privada (PPP) da Iluminação Pública, que prevê a troca das mais de 600 mil lâmpadas da cidade para a nova tecnologia.

O edital prevê que, nos primeiros cinco anos da parceria, o vencedor da concorrência terá que investir anualmente R$ 1,7 bilhão para trocar, já no primeiro ano, 10% das luminárias da cidade por LED, além de ampliar o atual parque em mais 70 mil pontos de iluminação.

Nos quatro anos seguintes, a empresa vencedora terá de trocar 22% das luminárias por ano até completar o parque, além de fazer a ampliação de mais 5% por ano para fazer frente ao crescimento da demanda, que é constante. O novo parceiro terá também de fazer novos investimentos a partir do 10º ano, já que terá de renovar as luminárias de LED, considerando o tempo médio de vida das luminárias.
2016-05-23-LEDsapopemba-HB1


Crédito Foto: Heloisa Ballarini / Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *